2013/09/23

Shows do Rock in Rio 2013 no YouTube


Mais uma edição de um dos maiores festivais da música chegou ao fim. O Rock in Rio 2013 foi mais um daqueles eventos gigantescos que unem pessoas de todos os estilos pra reverenciar grandes ídolos do rock mundial.



Ainda que o festival receba muitas críticas por dar um espaço excessivo a bandas e cantores que não se encaixam no gênero que lhe dá nome, sempre é um sucesso de público e audiência. Neste ano, além do Multishow transmitir os shows do Palco Mundo pela TV fechada e do Palco Sunset pelo site, o G1 também transmitiu as atrações do palco principal pela internet, o que com certeza atraiu muitos fãs que não tiveram a chance de ir ao Rio ver tudo aquilo de perto.

Mas pra dar aquela mãozinha pra quem não pôde nem assistir ao vivo pela internet, trago aqui uma lista dos principais shows da edição de 2013 que a galera já colocou no YouTube. Agora é só pegar uma cervejinha, achar um tempo livre no fim de semana e relembrar os melhores momentos do Rock in Rio 2013.

Alice In Chains




Bon Jovi




Capital Inicial




David Guetta




Frejat




Justin Timberlake




Kiara Rocks




Metallica




Nickelback




Offspring




Bruce Springsteen (dividido em 10 partes)




Slayer




Iron Maiden




Nando Reis e Samuel Rosa



Cazuza - O Poeta Está Vivo




Marky Ramone e Michale Graves




Sepultura e Zé Ramalho




Assim que eu achar os shows completos de Skank, Gogol Bordello + Lenine, Rob Zombie, Tributo a Raul e Viper + André Matos eu posto aqui, o resto é resto. E ao vivo, agora, só em 2015!



2013/08/19

Nos devolvam o bar offline!



Quem me conhece sabe, não me apetece nenhum pouco a tal de Heineken, a não ser o visual. E, obviamente, o bairrismo que me domina não deixaria preferir outra cerveja a não ser a nossa Polar, porque, além de ser daqui, tem um dos melhores sabores entre as cervejas de baixo preço vendidas no Rio Grande do Sul. Mas bem, não é do meu gosto pelo sabor de cerveja que vim falar, é das novas estratégias de marketing usadas pelas duas marcas.

Há alguns dias, a Polar lançou sua nova campanha, o “Anulador de Celular”, um dispositivo eletrônico contido na base de um isopor de cerveja que emite um sinal (não faço ideia de como explicar isso de maneira científica) que anula os sinais de internet dos smartphones que estão por perto. A proposta é inibir o péssimo novo hábito das pessoas: sentar em uma mesa de bar e correr para a internet postar o que está fazendo ou simplesmente continuar uma conversa com alguém que não está à sua frente segurando um copo da gelada.



Pela contramão, vem a Heineken, que hoje lançou uma campanha relâmpago (se esse for o termo correto) para o Dia Mundial da Fotografia, a “#HeinekenFilter”. A ideia é fazer com que os consumidores da verdosa usem a cor da garrafa como um filtro de Instagram improvisado e usar a hashtag para divulgar a campanha, ou seja, incentivar as pessoas a sentarem a mesa do bar, tomarem uma cerveja e correrem para o Instagram postar uma foto e esquecer o real motivo de ter ido para o bar.

Não é de hoje que entramos num bar ou num restaurante e vemos aquela cena: três ou quatro pessoas numa mesa e ao menos uma delas enfurnada num aplicativo do celular, seja o Twitter, o facebook, ou fazendo um simples check-in no Foursquare. Claro, não sejamos hipócritas, todo mundo um dia já acessou a internet em um bar por alguns instantes, mas né, limites existem. O bar foi feito “pra nos deixar mais à vontade e esquecer os problemas”, ou seja, longe de qualquer coisa que nos lembre o cotidiano tedioso do trabalho ou das aulas. O bar já foi mais offline.

A Polar, sempre com sua abordagem descontraída e próxima dos consumidores, resolveu ajudar na tentativa de mudar essa realidade. Claro que não é o tal dispositivo anulador de celular que vai interferir nos hábitos do povo moderno que deixa de lado a conversa da mesa do bar pra interagir na rede - até porque o dispositivo é único e peregrina apenas pelos bares de Porto Alegre, por enquanto - mas sim o fato de uma marca de cerveja expor essa vontade de mudança, indo na contramão da maioria das empresas que procuram estabelecer, antes de tudo, um vínculo com o consumidor pela internet, e depois pelo produto.

Estou usando o exemplo oposto da Heineken por ser algo pontual, lançado apenas hoje, em alusão ao Dia da Fotografia, e que vai bem de encontro à proposta da Polar. Mas conhecemos outras empresas, como a Claro, que em sua campanha atual traz o Ronaldo e o cantor Naldo como dois representantes dos ‘interneteiros’ de bar. Na propaganda, os dois ignoram completamente o locutor enquanto navegam pelo facebook, algo muito comum nos restaurantes e bares por aí afora.

Obviamente, as duas campanhas visam primeiramente a promoção dos produtos, mas sinto um pequeno orgulho em saber que a nossa cerveja conhece o seu público, e está fazendo algo para termos de volta nossa simples rotina de bar. Agora é torcer para que outras cervejas se espelhem na Polar e nos devolvam nossos bares offline.

Assistam ao comercial da Polar:




2013/06/10

Black Sabbath - God Is Dead? - Vídeo Oficial



O novíssimo vídeo do Black Sabbath foi lançado hoje à tarde, na página oficial da banda no facebook. É o vídeo oficial do single "God Is Dead?", faixa 2 do álbum 13, que será lançado oficialmente amanhã. 13 já foi disponibilizado para streaming no iTunes.

O vídeo é repleto de efeitos visuais, com uma mistura de trechos antigos de shows da banda, imagens apocalípticas e dilemas do planeta, vivenciados por personagens como executivos, religiosos e pessoas que sofrem com problemas sociais e guerras no mundo. Sempre trazendo a dúvida do título da música: Deus está morto?

A turnê do álbum 13 vem ao Brasil em outubro, com shows em Porto Alegre (09/10), São Paulo (11/10) e Rio de Janeiro (13/10). A abertura dos shows será feita por nada mais nada menos que o Megadeth. E este que vos escreve tem orgulho de dizer que estará no Estacionamento da Fiergs, em Porto Alegre, no dia 9 de outubro pra conferir de perto o retorno de uma das maiores bandas da história, obviamente inesquecível!

Confira "God Is Dead?", a primeira música do novo álbum a receber um vídeo oficial:




2013/04/20

Vagalume lança extensão para o Chrome


No dia 1º de abril, os usuários do site Vagalume receberam uma nova ferramenta para ficarem ainda mais atualizados com as novidades do mundo da música, é a extensão para o Google Chrome.

Com ela, o usuário recebe notificações a cada lançamento ou notícia publicada no site, além de ter acesso super facilitado às milhões de letras disponibilizadas pelo site.

Sua utilização é muito simples, confira algumas dicas:
(Clique nas imagens para vê-las em tamanho normal)

Instalando a extensão: clique neste link e siga os passos de instalação do Google Chrome, é mais fácil que andar pra frente, sem mistério algum:



Notificações de lançamentos: após instalada e ativa, a extensão adicionará um ícone no canto superior direito do navegador, e assim que for publicada uma música nova no site, o ícone receberá uma marcação com o número de novidades que você ainda não visualizou:


O único problema do aplicativo é que os últimos artigos não ficam no topo, a organização é feita na ordem de importância, então você tem que procurá-lo nos links abaixo. Para facilitar, uma etiqueta no canto da imagem sinaliza o artigo que você ainda não viu:



Letra da música diretamente do YouTube: quando você abrir uma música no YouTube, o mecanismo de busca do Vagalume oferece, automaticamente, a letra dessa música na extensão:


Se a letra estiver disponível no site, aparecerá um marcador numérico no ícone, aí você clica e a letra fica suspensa na aba do YouTube, facilitando a visualização do vídeo e da letra ao mesmo tempo:



A extensão ainda disponibiliza uma caixa de pesquisa que leva diretamente para uma nova aba com a lista de músicas do artista que você deseja ouvir. Uma ferramenta perfeita pra quem gosta de estar atualizado e prefere ter tudo mais fácil ao usar a internet.





2013/03/08

Fotos de animais do fotógrafo Vincent Musi



Vincent J. Musi nasceu em Sewickley, Pensilvânia, em 1962. Estudou jornalismo na Universidade de Ohio e começou a fotografar em 1981, com uma série de estágios no nos jornais Troy Daily News de Ohio, depois no Palm Beach Post, no Missoulan em Montana, e, por fim, no San Jose Mercury News. Musi também foi fotógrafo contratado no Pittsburgh Press, até que este deixou de ser publicado, em 1992.

Musi começou como fotógrafo freelance da revista National Geographic, em 1993, contribuindo para dois projetos de livros e muitos artigos da revista. Ele também é um contribuinte da Time, Newsweek, Life, Fortune, e da revista do New York Times.


Por mais de 30 anos, Vincent fotografou diversos temas, desde viagens pela Rota 66 até o aquecimento global, a vida dentro dos vulcões, a imigração ilegal, entre outros. Mas o que me chama atenção são suas fotos de animais, domesticados ou não. Todos sabemos a dificuldade que existe em fotografar animais, e o americano consegue verdadeiras façanhas com uma câmera na mão. Confira algumas:


Série Big Cats:




Série Domesticated:









Série Portraits:







Fontes: Vincent J Musi (mais fotos) | National Geographic



2013/03/07

Revolution: assista aos episódios da web



Essa é pra quem tá esperando o retorno de Revolution, que só volta aos episódios da primeira temporada no dia 25 de março, na tv americana NBC. Em janeiro, começaram a ser divulgadas, no blog da série, duas micro-séries de webisódios, uma espécie de mini capítulo que elucida alguns trechos da série até agora. É uma pena ainda não terem legenda em português.


Uma delas foi a série de seis episódios animados que eram divulgados todas as segundas a fim de suprir a falta dos novos ep's da série. Wheatley's Letters eram narrações de cartas de Joseph Wheatly (Reed Diamond), o sargento da milícia que levou Miles aos túneis sem oxigênio da Filadélfia, o que era uma armadilha preparada pelo general Monroe. Assista aos episódios:






No dia 25 de fevereiro, iniciou-se outra websérie: Enemies of the State. Essa foi filmada com os atores da série mesmo, não é animação. Ela fala de uma missão que o general Monroe passou para o capitão Neville, a missão era matar Miles, depois que esse tentou assassiná-lo. Confira os episódios:

RevolutionEnemies of the State - Parte 1




RevolutionEnemies of the State - Parte 2




RevolutionEnemies of the State - Parte 3




RevolutionEnemies of the State - Parte 4




RevolutionEnemies of the State - Parte 5




Fonte: Revolution Is On



2013/03/02

Download CD Summer Eletrohits Vol. 9




A coletânea, criada pela Som Livre em parceria com o programa TVZ da Multishow, em 2005, chega a seu nono volume em 2013 e, como sempre, traz os hits que agitam as festas no verão. Confira o Summer Eletrohits Vol. 9:

A lista de sucessos desse ano conta com vários DJs e músicos já conhecidos da coletânea, como o grupo Swedish House Mafia, o DJ brasileiro Tiko’s Groove e a duplinha Afrojack e Pitbull, mas dessa vez separados.

Como de costume, o CD começa forte, com os hits mais conhecidos e merecedores de estarem ali, como Let’s Go (Calvin Harris ft. Ne-Yo), Don’t You Worry Child (Swedish House Mafia ft. John Martin) e Calling (Sebastian Ingrosso ft. Alesso & Ryan). Mas depois vai dando aquela decaída, com músicas menos conhecidas que parece estarem ali apenas pra fechar as 16 faixas do CD, como One Day (Asaf Avidan) e Take You Higher (Goodwill & Hook N Sling).

E tem sempre aquela musiquinha mais pop pra dar uma quebrada na linha eletro do CD (agora, por que fazem isso, não sei), a bola da vez é How We Do (Party) da cantora do Kosovo, Rita Ora. Passados esses, vem o DJ Antoine, em parceria com The Beat Shakers, e fecha a coletânea com Ma Chérie pro CD não terminar por baixo.



01. Let’s Go – Calvin Harris ft. Ne-Yo
02. Don’t You Worry Child – Swedish House Mafia ft. John Martin
03. Don’t Stop The Party – Pitbull ft. Tjr
04. Calling (Lose My Mind) – Sebastian Ingrosso ft. Alesso & Ryan
05. Who – Tujamo & Plastik Funk
06. Golden People – Mister Jam ft. Jacq & King Tef
07. Can’t Stop Me – Afrojack & Shermanology
08. How We Do (Party) – Rita Ora
09. Spectrum – Zedd ft. Matthew Koma
10. Famous Before 5 – R.Go ft. Nando Vedder
11. One Day (Reckoning Song) – Asaf Avidan
12. I Can’t Get Nothing – Tiko’s Groove ft. Gosha
13. The Night Out – Martin Solveig
14. I Want You Back – Dj Joe K ft. Jerique
15. Take You Higher – Goodwill & Hook N Sling
16. Ma Chérie – Dj Antoine ft. The Beat Shakers

Clipe de Ma Chérie - Dj Antoine ft. The Beat Shakers:



Download Summer Eletrohits: Vol. 7 | Vol. 8 | Vol. 9



2013/02/26

Download da série Hannibal (2013)


Aos fãs da mente psicopata do inteligentíssimo Dr. Lecter...

Dia 4 de abril, estreia na NBC dos Estados Unidos a série Hannibal, criada, para a televisão, pelo produtor e roteirista americano, Bryan Fuller. O psicopata Hannibal surgiu da mente do escritor Thomas Harris, e teve a magnífica representação de Anthony Hopkins no cinema, em O Silêncio dos Inocentes (1991), Hannibal (2001), Dragão Vermelho (2002) e Hannibal: A Origem do Mal (2006).

Download de Hannibal

Episódio 1 - Aperitif: 4Shared
Episódio 2 - Amuse-Bouche: 4Shared
Episódio 3 - Potage: 4Shared
* Episódio 4 - Ceuf: 4Shared
Episódio 5 - Coquilles: 4Shared
Episódio 6 - Entrée: 4Shared
Episódio 7 - Sorbet: 4Shared
Episódio 8 - Fromage: 4Shared
Episódio 9 - Trou Normand: 4Shared
Episódio 10 - Buffet Froid: 4Shared
Episódio 11 - Rôti: 4Shared
Episódio 12 - Relevés: 4Shared
Episódio 13 - Savoureu: 4Shared (Season Finale)

* O episódio 4 foi adiado em função do atentado ocorrido em Boston no último 15 de abril. Os produtores da série acharam melhor adiá-lo, pois a temática do capítulo envolve crianças que assassinam seus pais e irmãos e poderia ofender os telespectadores que, de alguma forma, estavam sensibilizados com o atentado com bomba à maratona atlética em Boston.

Resenha pré-estreia:


É uma pena que Hopkins não fará o papel de Dr. Lecter, quem o fará é o ator dinamarquês, Mads Mikkelson (Fúria de Titãs, 007 - Cassino Royale, Rei Arthur), que, pelo que deu para perceber no primeiro trailer, não deixará nada a desejar na interpretação do mais inteligente psicopata e assassino canibal da literatura e cinema da história.

Mads Mikkelsen fará o papel de Hannibal Lecter (Foto: NBC)

A série terá a temática policial investigativa. Hannibal fará parceria com o agente do FBI, William Graham (Hugh Dancy), na procura por serial killers. Bem como em O Silêncio dos Inocentes, no qual Lecter ajuda a aprendiz Clarice Starling (Jodie Foster) a desmascarar assassinos em série que já foram seus pacientes, ou seja, Lecter é o único capaz de entender a mente psicopata dos assassinos. Além de Graham, a série terá o agente Jack Crawford (Laurence Fishburne), que fez parte do elenco de Hannibal no cinema.

Gravações da primeira temporada de Hannibal (Foto: NBC)

O diferencial da nova série é que o agente Graham não sabe do que Hannibal é capaz. Graham o convida para ajudar nas investigações de um assassino, pois Lecter ainda é conhecido apenas por ser um dos maiores psiquiatras dos Estados Unidos, não como um serial killer que comia partes de suas vítimas.

Ou seja, a série promete muito suspense, esperemos que Bryan Fuller e Mads Mikkelson consigam trazer para a TV todo aquele clima sombrio nos diálogos em que Hannibal participa. Já anotei na minha agenda: 4 de abril de 2013, estreia de Hannibal na NBC.

Confira o primeiro trailer legendado:




Elenco:


Siga Hannibal no Facebook e no Twitter.

Fonte: NBC





2013/02/21

Black Mirror: segunda temporada da série



A segunda temporada de Black Mirror estreou no Canal 4 da Inglaterra no último dia 11. Criada por Charlie Brooker, Konnie Huq e Jesse Armstrong, a série traz histórias independentes que mostram como as novas tecnologias influenciam a vida moderna.


A primeira temporada foi lançada em dezembro de 2011, com os episódios The National Anthem, 15 Million Merits e The Entire History of You. A segunda temporada tem mais três episódios: Be Right Back, The Waldo Moment e White Bear.

No primeiro, o casal Martha e Ash mudam-se para uma pequena cidade onde os pais dele viviam. Quando ele morre em um acidente de carro, Martha recebe o conselho de sua amiga Sarah para criar um perfil de Ash em um site da internet que coleta todas as mensagens enviadas por usuários em mídias sociais e outros meios de comunicação. Com isso, Martha poderia se manter em ‘contato’ com Ash. Um dia, ela recebe um e-mail dele.




No segundo episódio, a série apresenta Waldo, um personagem criado em animação que apresenta um programa político. Waldo é dublado pelo comediante decadente Jamie Salter, que acaba se envolvendo no mundo político graças ao sucesso de seu personagem.


Na última história da segunda temporada, Debra acorda em uma casa a qual ela não reconhece. Sem conseguir se lembrar de um único detalhe ou informação sobre sua vida, Debra descobre estar sendo observada.

Confira o vídeo promocional da 2ª temporada:



O canal brasileiro I.Sat exibiu, no início de fevereiro, a primeira temporada da série (saiba mais). Clique aqui para baixar a primeira temporada legendada.



2013/02/11

Passado o pesadelo, é hora de continuar...


Antes de tudo, começo este texto esclarecendo sobre a falta de posts no último mês. Foi exatamente um mês de ausência, impulsionada, primeiramente, pela preguiça e afazeres da faculdade, e depois pelo ocorrido em Santa Maria no último 27 de janeiro. Senti que nada que eu falasse aqui poderia ter relevância diante de tudo aquilo.

Mas para que isso não seja esquecido como um simples acidente, resolvi falar um pouco do que me chamou atenção, do que me fez mais triste e do que me ajudou a superar o baque inicial da tragédia na boate Kiss.

A dor vai passando aos poucos. As novas informações divulgadas nos noticiários não me fazem mais imaginar as cenas que as pessoas presenciaram naquela madrugada que transformou qualquer filme de terror em mero teatro infantil. Agora me sinto bem a ponto de analisar friamente alguns aspectos da semana que seguiu a tragédia.

O principal deles foi a naturalidade com que tratávamos do assunto com amigos e conhecidos. Tornou-se rara a pessoa que respondia "não" quando perguntada se algum amigo seu estava entre as vítimas do incêndio. Sei que parece imprudente tratar isso com naturalidade, mas é mais uma tentativa de trazer realismo a esse momento que foge do imaginável.

Passamos dias tentando entender o que aconteceu em nossa cidade. A dor de perder amigos, colegas e conhecidos teve como agravante as coisas estúpidas que vimos na internet. Acredito que todos que, como eu, foram atingidos diretamente por insultos, sofreram ainda mais por algo que não precisava estar acontecendo. Em vez de utilizar as ferramentas, como o facebook, em prol da ajuda aos feridos, às famílias desamparadas e às autoridades, muita gente viu nele um meio de mostrar a todos o quão é insensível e sem amor próprio, não vou citar exemplos aqui, até porque as autoridades já estão fazendo o que cabe a elas.

Passado o baque, é hora de se reerguer. Cada abraço de um amigo era um pensamento ruim a menos. Aliado à companhia dos amigos, outro fator importante para a recuperação dos sentidos foi manter a cabeça ocupada com coisas práticas. Participar do Protesto por Justiça e responder às pessoas que enviavam seu apoio através das redes sociais foram um dos escapes que diminuíram a dor naquele momento único na vida de todos.

Infelizmente, não pude dar esse abraço em todos os amigos. Uns porque ainda não encontrei, e um deles porque nunca mais poderei abraçar, a Allana. Todos que nos conhecem sabem que não eramos os melhores amigos, talvez eu não tenha entendido bem o seu jeito de ser. Só sei que fui colega dela por menos de um ano, mas nesse pouco tempo já percebi que ela tinha um futuro planejado, suas opiniões eram definidas sobre o ramo de jornalismo que queria seguir, e é isso que me deixa triste quando lembro que ela não estará no quadro de formatura da turma. Enfim, a vida segue.

Deixo-os com um vídeo que marcou todos que conheciam a Allana e viveram esse momento triste após o fatídico 27 de janeiro de 2013. O vídeo é a interpretação dela para a música "Encontre a Liberdade", da banda Planta e Raiz, música essa que foi escrita  pelo vocalista Zeider em homenagem ao nascimento de sua filha. O incrível é que a letra da música se encaixou perfeitamente ao momento, fazendo com que acreditemos que a morte se parece muito com a vida, o difícil é aprendermos a lidar com ela.



Confira a reportagem da TV Campus mostrando a homenagem do curso de Comunicação Social da UFSM aos colegas Allana e Émerson:




2013/01/11

Zero Hora - Campanha de Verão 2013


Zero Hora novamente mandando bem na campanha de verão!



Todos sabem que informação por si só não vende jornal. Ainda mais em época de verão, que muita gente (cada vez menos) se desloca para o litoral e fica sem receber suas notícias diárias, a não ser que faça uma assinatura. E é ai que a Zero Hora investe forte na divulgação com as campanhas de verão. Se surte efeito ou não, aí são outros quinhentos.

Pra quem achava que não teria outra que superasse a campanha de 2008 em originalidade e música chiclete, ta aí a edição de 2013. A arte pode até não ser das melhores – aliás, é apenas um complemento visual para a mensagem que está no jingle, ou seja, é dispensável –, mas a música tem um ritmo intenso e animado, se tornando pegajosa, ou seja, cumpre com o objetivo de qualquer campanha que vise grudar na memória do consumidor.

Como em 2008, que no decorrer do verão, e do resto do ano, espera-se que apareçam versões de continuação, ou partes acrescentadas à campanha. A produção é da parceria do Estúdio Makako com a Voicez.




Obs.: esse post não é merchandising. (mas bem que poderia ser)



2013/01/01

Kid Rock - Happy New Year (Rebel Soul)



Na ânsia por desejar um "feliz ano novo" por aqui, me vi às catas de um filme ou música que passasse a mesma mensagem que eu quero, mas de uma maneira mais impessoal. Enfim, encontrei um som recém tirado do forno: é a faixa 7 do álbum "Rebel Soul" do Kid Rock, "Happy New Year".

O álbum foi lançado em 19 de novembro de 2012, dois anos após o "Born Free", também pela Atlantic Records. "Rebel Soul" é o nono CD de Kid Rock, um músico, compositor e ator americano que ficou conhecido em 1998 pelo quarto álbum, "Devil Without A Cause". Depois de ter viajado entre estilos - ele unia rap e rock em suas composições da década de 90 - nos anos 2000, Kid voltou para um som mais limpo, com tendências de country e o southern rock. Mas em 2012, Kid volta a usar pegadas de rap, como nas faixas 9 e 11, "The Mirror" "Cucci Galore". Porém, o CD não abre mão do country e do southern, como fica bem claro nas faixas 4, "Detroit, Michigan", 12, "Redneck Paradise" e 14, "Midnight Ferry", e na música que dá nome ao álbum, a faixa 5, "Rebel Soul".

O clipe de "Happy New Year" traz Kid e sua banda fazendo um show de reveillon numa festa até então desanimada, mas quando a música e os drinks começam a rolar, ela muda de caráter e vira um festão de virada de ano, com direito a ilusão de ótica envolvendo Kid e uma convidada. Confira:



Mas a melhor música do álbum, pra mim, é a faixa 10, "Mr. Rock n Roll". Ela parece ser uma homenagem a um dos pais do rock: Little Richard, mas como Kid não cita seu nome - apenas usa frases e nomes de algumas músicas dele, e de outras que ele interpretou - imaginei também que ele tivesse unindo Little a outros gigantes como Buddy Holly, Elvis Presley, Chuck Berry e Bill Haley, criando assim um Mr. Rock n Roll utópico, que teria voltado para tentar salvar as "crianças hip hop pop punk rock" com sua música.

Enfim, se existe apenas um homenageado, fica confuso para um quase leigo no assunto como eu, mas que a música é boa, isso é:




Vale a pena conferir o álbum completo. Ouça aqui!

1. "Chickens in the Pen"
2. "Let's Ride" (clipe)
3. "3 CATT Boogie"
4. "Detroit, Michigan"
5. "Rebel Soul"
6. "God Save Rock n Roll"
7. "Happy New Year"
8. "Celebrate"
9. "The Mirror"
10. "Mr. Rock n Roll"
11. "Cucci Galore" (clipe)
12. "Redneck Paradise"
13. "Cocaine and Gin"
14. "Midnight Ferry"

"Rebel Soul" foi lançado em todas plataformas possíveis: CD, vinil e digital, e quem sabe lá pelo fim de 2013 saia um DVD da turnê pelos Estados Unidos. Saiba mais sobre o novo álbum de Kid Rock e a turnê com shows marcados até junho no site oficial.

Ah, e... a happy new year!